A importância da publicidade

Por 5 de janeiro de 2016 Destaque Sem comentários
publicidade

“A boa publicidade aumenta vendas, a grande publicidade constrói fábricas”. Bill Bernbach.

“Se eu tivesse um único dólar, investiria em propaganda”.  Henry Ford

O primeiro é um mito da publicidade mundial e o segundo um dos maiores nomes (senão o maior) da indústria automobilística. E não é que eles têm razão em colocar a publicidade como um grande fator de crescimento de uma empresa?

Mesmo assim, alguns empresários acham que anunciar é gasto e não investimento. Quem pensa assim, certamente não tem presença de mercado e dificilmente vai crescer sem o apoio de uma campanha eficiente, como já comentei sobre as vantagens de se contratar uma agência .

O case da Assolan ilustra muito bem essa relação publicidade x crescimento. Quando o Bombril não estava na mídia, possivelmente achando que seu produto já tinha se transformado em sinônimo de categoria e nunca sairia da liderança, a Assolan investiu pesado e tomou uma fatia considerável da concorrente, obrigando a Bombril ressuscitar o seu eterno garoto-propaganda.

Como o tempo passa e voa, para uma empresa continuar numa boa é necessário que ela e a agência estejam ligadas em investir tanto na publicidade tradicional quanto nas redes sociais, respeitando e se adaptando à característica de cada meio, pois o público está consumindo várias mídias ao mesmo tempo e está cada vez mais exigente em relação à qualidade do que se anuncia. Ou seja, não adianta mais fazer comerciais e ações sem criatividade, porque os mesmos serão criticados pelas pessoas nas mídias sociais e o investimento pode provocar o efeito contrário.

Mas antes de investir em publicidade, o empresário deve arrumar a casa. Do que adianta criar uma campanha “duca” se o produto ou serviço não consegue atender a demanda ou não presta? Quando a empresa tem consciência do valor que vende, a publicidade só ajuda no crescimento dela. Grandes nomes como Bernbach e Ford, além de outras marcas líderes de mercado, não podem estar errados.

Fonte: Blogcitário

Deixe um comentário

+ 58 = 65