Criatividade basta?

Por 8 de setembro de 2015 Destaque Sem comentários
plug

Noventa por cento dos alunos da sala de aula, que nunca tiveram contato com a área, julgam que a publicidade resume-se às agencias. Desses, grande maioria escolhem cursar publicidade e propaganda por causa das áreas de criação, redação e, em alguns casos, atendimento.

Antes do aprofundamento acadêmico, muitos se consideram potenciais publicitários porque confiam que dominam o mundo da criatividade, do photoshop, do desenho, da fotografia e, nas hipóteses mais ingênuas, do convencimento. Então porque cursar uma faculdade se tais habilidades parecem natas do confiante estudante de publicidade?

Lógico que habilidades naturais são importantes, mas o mundo publicitário é também daqueles que desenvolvem essa aptidão a partir do esforço, capacitação e muito estudo.  Afinal, o mundo criativo, por mais amplo que seja, possui “cercas” que o limitam e que devem ser muito bem conhecidas por aqueles que pretendem desfrutá-lo, ou seja, atributos naturais serão ainda melhores aproveitados quando adicionados os acadêmicos, pois não basta ser criativo, é preciso saber direcionar sua criatividade.

Por isso, se você está perdido no caminho para se tornar um publicitário ou está na faculdade apenas para exibir sua criatividade aos companheiros de sala, talvez o primeiro ambiente que deva entender é o seu. Leve isso como um treino, um ponto de partida para entender quais são seus recursos, suas limitações. Enxergar seus objetivos certamente ajudará, porque, muito além de criar, você terá que saber analisar e entender pessoas, massas, seus desejos e suas escolhas, e desenvolver habilidades que evidencie isso para elas. E para isso você deverá conhecer bem suas histórias ou elas não perceberão o que você cria.

Então se prepare, porque no mundo acadêmico haverá muitos tipos de estudos sociológicos e culturais, a fim de auxiliar suas competências de planejamento e pesquisa, que serão às “cercas” que limitaram e direcionaram sua criatividade.  Entendendo isso, é a hora de demonstrar suas habilidades técnicas e naturais, só então vai perceber que a criatividade dentro dos limites e com objetividade é muito mais complexa.

Por isso, garanto que para você, estudante aspirante a publicitário, que ainda não tem experiência, ter conhecimento será seu principal atributo para entrar nesse mundo.

 

Fonte: Plugcitários.

Foto:  shutterstock.com

Deixe um comentário

5 + 2 =